Estudo Fortalece Princípio Bíblico Do Testemunho Pessoal

Estudo fortalece princípio bíblico do testemunho pessoal

Material preparado mundialmente pelo pastor Mark Finley aborda a relevância do testemunho pessoal e como isso pode ser realidade na vida dos cristãos.

Por Felipe Lemos 25 de junho de 2020

Capa da lição dos adultos do trimestre julho a setembro de 2020 reforça testemunho pessoal. (Foto: Casa Publicadora Brasileira)

A cada trimestre, a Igreja Adventista do Sétimo Dia, em nível mundial, lança um guia de estudos temáticos da Bíblia, a lição da Escola Sabatina. A proposta, de julho a setembro, é de um material para enfatizar a importância do testemunho de fé pessoal. A lição, intitulada Fazendo amigos para Deus: a alegria de participar da Sua missão, teve como autor principal o pastor Mark Finley, conhecido evangelista internacional e atualmente assistente do presidente mundial adventista, pastor Ted Wilson. Finley já apresentou seus sermões em várias partes do mundo, inclusive participou de programas de TV e rádio adventistas por vários anos, além de ter escrito vários livros, publicados em português como Tempo de Esperança, Sobre a Rocha, Viva com Esperança, O Reavivamento Prometido: Como receber a plenitude do Espírito Santo, Amizade e Salvação, Estudando Juntos e O Mistério da Profecia. Nesta entrevista, ele fala à Agência Adventista Sul-Americana de Notícias (ASN) a respeito da temática deste estudo de três meses.

Percebemos que testemunho é uma palavra importante neste guia de estudo preparado por você. Como o testemunho promove o desenvolvimento espiritual dos cristãos?

No coração do grande conflito está o conflito entre o amor e o egoísmo. A raiz originadora do pecado é uma vida centrada no eu em vez de uma vida centrada em Deus. Testemunhar nos habilita a focar nos outros. Quando reconhecemos o que Cristo fez por nós e Seu amor incomparável na cruz, desejamos compartilhar esse amor com os outros. Quanto mais compartilhamos o amor por Jesus, mais esse amor cresce. Nós nos tornamos como Ele ao participar de Sua missão de salvar um mundo perdido. Testemunhar mata o egoísmo de fome.

Riscos da relativização

Em tempos de tanta relativização das verdades bíblicas, como podemos ser testemunhas eficientes de Cristo sabendo que isso pode parecer ainda mais impopular e até um ataque à individualidade das pessoas?

Jesus viveu em uma cultura romana secular, materialista e, com frequência, muito brutal. Sua mensagem era altamente impopular para muitas pessoas. Seu impacto era enorme porque Ele atendia às necessidades das pessoas e ministrava para a pessoa como um todo. Ele curava os doentes, confortava os aflitos, libertava os oprimidos e fortalecia os fracos. Sua vida de serviço altruísta demonstrou a veracidade de Suas palavras. Ao atendermos amorosamente às necessidades dos que estão à nossa volta, os corações deles serão tocados por Sua graça. Somos demonstrações vivas das realidades do evangelho. As pessoas podem rejeitar o que dizemos, mas elas aceitarão nossa preocupação e apoio genuínos quando tiverem um momento de necessidade. O método de evangelismo de Cristo era simplesmente assim: atender às necessidades humanas, e então compartilhar o evangelho. Funcionou naquela época e vai funcionar hoje.

O que podemos aprender sobre compartilhar a fé no ministério de Jesus?

Eu acho que uma das melhores coisas que podemos aprender com o ministério de Jesus é Seu cuidado com as pessoas. As pessoas não vão querer saber o quanto você tem de conhecimento até perceberem o quanto você se importa. Os métodos evangelísticos eficazes são importantes, mas o cuidado centrado em Cristo é absolutamente essencial para ganhar almas. Se as pessoas sentirem seu genuíno cuidado por elas, seus corações se abrirão para as verdades divinas das escrituras.

Missão de Deus

Sabemos, biblicamente, que o processo de conversão espiritual é um ato sobrenatural da parte de Deus. Então, até onde vai o papel do ser humano nesse processo?

A missão é sempre a primeira de Deus. Temos a alegria de participar com Ele na missão dEle. Se Jesus pudesse terminar a obra sozinho, Ele a teria terminado há muito tempo. Ele nos convida a colaborar com Ele na obra da redenção. Temos o privilégio de cooperar com Cristo no compartilhamento da mensagem de salvação com a humanidade perdida. Ele colocou em nossas mãos a responsabilidade de compartilhar com os outros a Sua mensagem para os últimos dias.

É parte do plano de Deus usar os seres humanos como Seus instrumentos para ganhar os perdidos. No sermão de Jesus do fim dos tempos, em Mateus 24, o Salvador faz essa extraordinária declaração: “E este evangelho do reino será pregado em todo o mundo, em testemunho a todas as nações, e então virá o fim” (Mateus 24:14). Em Mateus 28 e Marcos 16, Ele exorta Seus discípulos a “ir a todas as nações” e pregar o evangelho.

O Espírito Santo trabalha nos corações independentemente de nosso testemunho, mas, ao compartilharmos as verdades cheias de graça da Bíblia, as pessoas têm a melhor oportunidade de responder à verdade de Deus. A revelação mais clara do caráter de Deus, a graça de Cristo e a verdade das Escrituras, está na Palavra de Deus, e nós temos o privilégio e a responsabilidade de compartilhá-la.

Disponível em: https://noticias.adventistas.org/pt/?orderby=date&order=DESC&post_status=publish&post_type=post&seemore_title=%C3%9Altimas+Not%C3%ADcias&xtt-pa-sedes=dsa Acesso em: 25/06/2020

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *